5 Dicas de como usar o metrô de Londres - DPB Intercâmbio
Connect with us

5 dicas de como usar o metrô de Londres

londres-metro-paralaxe

Dicas de Viagem

5 dicas de como usar o metrô de Londres

A construção de caminhos de ferro no Reino Unido começou no início do século XIX. Por volta de 1854, seis terminais de comboios independentes foram construídos mesmo fora do centro de Londres: London Bridge, Euston, Paddington, King’s Cross, Bishopsgate e a Waterloo. Hoje, esse sistema é modelo no mundo todo como um dos meios de transporte mais utilizados por uma população e também mais precisos. Por isso tive a ideia de de dar uma dicas para aproveitar ao máximo essa comodidade e entender como usar o metrô de Londres da melhor maneira

 

Andei de metrô por todas as cidades que fui (e tinham) enquanto estive fazendo meu mochilão, e o de Londres é de longe o mais eficaz e simples que vi, apesar das diversas linhas e do mapa parecer um tanto confuso.

Mas vamos lá, vou tentar passar aqui um pouco da experiência que tive pra ver no que posso ajudar

Como usar o metrô de Londres

1 – Pegue um mapa do metrô

Eu sei, parece óbvio mas tem gente que prefere confiar na memória ainda e amigos, te garanto que esse não é o caminho.

Sou old school e gosto de ter um mapa em mãos, mas sabe como é chuva e aquele tempo úmido de Londres né? Então, uma alternativa é baixar o mapa no seu celular com as dezenas de aplicativos existentes para isso.

Um deles, o City Mapper, disponível também para outras cidades, serve não apenas para metrô, mas também para ônibus e ajuda em qualquer trajeto, com orientação passo a passo de como ir de um ponto A a um ponto B.

Mas aí vai o reforço do editor: mesmo depois de ter o mapa no celular, pegue um mapinha físico na estação de metrô. Afinal, mapa de papel não acaba a bateria.

 

2 – O Oyster Card provavelmente será o seu melhor amigo

como-usar-o-metro-de-londres

O Oyster Card é um bilhete eletrônico em forma de cartão onde podem ser armazenadas até 90 libras que podem ser usadas nos metrôs, ônibus, bondes e em alguns trens incluindo DLR.

A vantagem do cartão Oyter é que a passagem sai mais barata do que o bilhete de papel, o seu crédito pode ser usado quando você precisar e não perde a validade. O cartão calcula automaticamente a tarifa mais barata de acordo com seu uso.

Mas fique ligado, você deve passar o cartão tanto na entrada quanto na saída do metrô. Garanto que querer dar uma de espertão não é o melhor caminho por lá .

 

3 – Fique atento aos horários

como-usar-o-metro-de-londres

O horário de encerramento do metrô de Londres é em torno da meia noite e, depois disso, apenas o night bus está disponível pelas ruas, durante toda a madrugada.

Mas dependendo da distância, confie em mim que você não vai querer perder a última linha.

 

4 – Verifique para qual lado vai o trem

como-usar-o-metro-de-londres

Acreditem, eu já perdi alguns ônibus por lá pelo simples fato de estar desatento. Um dos aspectos menos óbvios para quem visita Londres pela primeira vez é o “bound”, que indica a direção do trem. Dentro das estações, você lerá mensagens como Southbound, Northbound, Eastbound e Westbound. O que isso quer dizer? Que o trem em questão está indo para o Sul, para o Norte, para o Leste e para o Oeste. Pegue o mapinha e verifique sua posição atual: se o seu destino estiver a sua direita, é Eastbound; se estiver a sua esquerda, Westbound; para cima, Northbound; para baixo, Southbound. (Essa eu vi lá no Mapa de Londres, obrigado fellas).

 

5 – Não atrapalhe a correria alheia

Na escada rolante, pare do lado direito. Se estiver com pressa, caminhe pelo lado esquerdo da escada rolante, como você verá os outros fazendo. No início, é quase apavorante a correria que se materializa em algumas estações. As pessoas estão loucas para chegar a algum lugar, e a sensação é de que tudo o que elas querem é sair do Underground. Não atrapalhe a correria alheia e você estará a salvo.

Publicitário de formação. Imigrante por opção. Viajante em movimento. Encontrou no DPB uma forma de unir as duas coisas que mais gosta, escrever e viajar. Divide sua vida entre carimbos novos no passaporte e documentos editados no word.

To Top