Os melhores lugares da Europa para curtir o St. Patrick's Day
Connect with us

Os melhores lugares da Europa para curtir o St. Patrick’s Day

Om6aIYZwtoXOrjRYFgXG8OVdnaenSmdffG8w4941

Eventos e Festivais

Os melhores lugares da Europa para curtir o St. Patrick’s Day

Tá chegando a hora, moçada! O famoso St. Patrick’s Day já tem data marcada para esse ano, e acontece entre os dias 17 e 20 de março.

Acredito que você já tenha lido bastante sobre a importância e também o significado dessa festa para os irlandeses. Aqui no DPB, nós produzimos um vídeo bem bacana sobre a festa, olha só:

A celebração e importância desse feriado para os irlandeses é tamanha que influenciou diversos outros lugares, principalmente da Europa, a comemorarem a data com eles e mostrarem que St. Patrick’s Day não é apenas na Irlanda. Afinal, até o Cristo Redentor já ficou verde!

Confere aí:

Copenhague, Dinamarca

Aqui rola uma das celebrações mais divertidas de St. Patrick’s pelo globo. Patrocinada pela Carlsberg e pelos diversos pubs irlandeses espalhados pelo país, acontece anualmente a Three-legged Charity Race. Uma corrida feita em duplas, onde os participantes amarram uma de suas pernas junto a do companheiro e completam circuitos de até 5km, a fim de arrecadar dinheiro e mantimentos para instituições de caridade da região.

Londres, Inglaterra

A festa em Londres é aberta ao público e acontece em um dos principais cartões postais do país. Todo dia 17 de março, ingleses e turistas encontram-se no Jubilee Gardens e no National Theatre para experimentar comidas típicas e dançar ao som de músicas celtas, além de fazerem uma imersão na cultura irlandesa com artes, artesanatos e trajes especiais, tudo isso vislumbrando a incrível imagem da London Eye iluminada de verde.

Coatbridge, Escócia

Uma celebração mais introspectiva e saudosista marca a festa de São Patrício nessa pequena cidade ao norte da Escócia. Em Coatbrigde a celebração serve para relembrar o número de soldados irlandeses que se abrigaram e defenderam a cidade durante a Primeira Guerra Mundial.

Milão, Itália

Assim como na própria Irlanda, por aqui é reservada praticamente uma semana inteira para as celebrações. O Ippodromo del Trotto é o lugar escolhido pelo Conselho de Turismo Irlandês para levar aos italianos toda a magia relacionada ao feriado de St. Patrick com comida, música e dança para todas as idades, além de muita Guinness para os adultos.

Munique, Alemanha

Mas era óbvio que um dos pontos turísticos cervejeiros mais tradicionais do mundo não ficaria de fora dessa lista, não é? Deve-se imaginar que com tantas cervejas de própria autoria e fabricação disponíveis, o mercado alemão não é tão promissor e tradicional para a Guinness. Correto?

Errado! E é aí que tá a grande sacada da comemoração. No dia 17 de março, os alemães abrem mão de suas icônicas lagers e weizen biers para se debruçarem diante das belíssimas e robustas canecas e pints de Guinness em uma enorme festa ao ar livre organizada na cidade. Geralmente, a Câmara Municipal de Munique também entra na festa e é iluminada com luz verde – assim como o Cristo que mostrei acima.

Tessalônia, Grécia

Tessalônia é a segunda maior cidade da Grécia, ficando atrás apenas de Atenas. É sem dúvida alguma uma das cidades mais belas do país e possui uma comunidade irlandesa enorme. Por conta disso, não apenas seus moradores mas pessoas de todo o sudeste europeu se programam para ir até lá e serem recebidos com bastante shots de uísque e ouzo.

Belfast, Irlanda do Norte

Obviamente não faria essa lista sem citar sequer uma cidade Irlandesa, não é? Dublin dispensa comentários, pois é o berço da festa.

Diversas outras cidades da Ilha Esmeralda fazem bonito na comemoração, mas a capital da Irlanda do Norte capricha em tudo, levando aos nortenhos toda a atmosfera positiva que engloba a festa.

Dança, música, decoração, um desfile com proporções enormes e obviamente, muita Guinness, estão no cast de atrações da celebração que por lá, que também vai do dia 17 até o dia 20 de março.

Publicitário de formação. Imigrante por opção. Viajante em movimento. Encontrou no DPB uma forma de unir as duas coisas que mais gosta, escrever e viajar. Divide sua vida entre carimbos novos no passaporte e documentos editados no word.

To Top