Quanto custa viver na Irlanda? - DPB Intercâmbio
Connect with us

Quanto custa viver na Irlanda?

custo_de_vida_dublin_irlanda-1

Custo de vida

Quanto custa viver na Irlanda?

O Numbeo, site que reúne dados fornecidos por mais de 200 mil pessoas do mundo todo para fazer o levantamento do custo de vida em 119 países, tem a Irlanda como o 11º país mais caro para se viver. Os dados, além de compararem serviços, alimentação, aluguel e transporte, por exemplo, com os de Nova York, ainda apresentam o preço médio de cada item na moeda escolhida (no caso, em euro). Usando-se a mesma moeda como referência, para viver em São Paulo, na capital, seria preciso pouco mais da metade do valor para manter o mesmo padrão na Irlanda (a proporção, incluindo o aluguel, é de uma média de 2519 euros para São Paulo e 4100 euros para Dublin).

Image title

 

Como intercambistas, porém, os brasileiros não chegam a gastar nem 20% da estimativa apresentada no site, pois o padrão de vida de estudante, de um modo geral, é outro. As próprias universidades e a Associação dos estudantes internacionais – ICOS, baseadas em pesquisas, consideram que um estudante precisa de aproximadamente 500 euros por mês para viver em Dublin.

As despesas de um intercambista na Irlanda depende muito do padrão de vida que se deseja manter. Como a experiência costuma ser temporária, com duração de seis meses ou um ano, aceita-se com facilidade dividir casa com várias pessoas, dividir quarto e, às vezes, até a cama. A alimentação é básica e o meio de transporte mais usado é a bicicleta ou os próprios pés. A estimativa é de que, para viver por um ano em Dublin, um estudante precisa entre 6 mil euros a 11 mil euros.

 

Leia mais: Como sobreviver até o próximo salário? Os irlandeses dão a dica

 

 

Com um emprego de meio período, no valor mínimo de 8,65 euros por hora, é praticamente possível cobrir as despesas mensais. Conseguindo a permissão para trabalhar o dia inteiro se estiver de férias da no fim de ano ou nos meses de maio a agosto, a renda aumenta e, com o dinheiro extra, ainda é possível viajar pela Europa. Faça as contas e veja quanto você precisa para viver na capital irlandesa.

 

Acomodação

Image title

A acomodação está ficando mais cara nos últimos anos pela procura. Quanto mais próximo à região central, mais caro será encontrar um lugar para morar. Dificilmente alguém pagará menos de 300 euros por mês de aluguel, mesmo dividindo o quarto e a casa com pelo menos mais três ou quatro pessoas.

 

Leia mais: Como escolher a melhor opção de acomodação para o seu intercâmbio?

 

Quem está chegando à capital, ou mesmo a outras cidades da Irlanda, precisa reservar um dinheiro extra para acomodação no primeiro mês. É o depósito. O valor, correspondente a um aluguel, é cobrado como segurança pelos locatários e será devolvido no final do contrato. Por exemplo, se você encontrar um quarto por 500 euros por mês, no primeiro mês terá que desembolsar mil euros – 500 euros para o depósito e 500 euros do aluguel antecipado.

 

Alimentação

Image title

A alimentação depende muito se a pessoa costuma cozinhar em casa ou prefere comer fora todos os dias. Estudantes encontram com facilidade restaurantes brasileiros oferecendo prato feito ou buffet, com direito à feijão, arroz, carne e batata frita, por cinco euros. No entanto, as refeições em outros restaurantes custam em média 10 euros.

 

Leia mais: Conheça os mercados e supermercados de Dublin

 

No supermercado, pesquisando bastante e comprando o que tem de mais barato em cada rede, é possível gastar bem pouco. Mais uma vez, isso depende do seu cardápio – se você costuma comer apenas sanduíche, reduzirá bastante as despesas. Se for cozinhar em casa e fazer uma alimentação balanceada, gastará pelo menos 120 euros por mês. A média, para quem não quer abrir mão de uma alimentação equilibrada com frutas, verduras, salada, carnes e iogurtes, é de 200 euros mensais. A dica é explorar as feiras de frutas e verduras para reduzir despesas.

A Irlanda oferece muitas opções para quem tem intolerância alimentar, especialmente ao glúten ou lactose. Esses produtos, porém, embora sejam mais baratos do que no Brasil, custam em média três vezes mais do que os produtos padrões. Seguindo dietas como essas, dificilmente será possível gastar menos de 250 euros por mês no supermercado.

 

Transporte

Image title

Se você gosta de caminhar ou de pedalar, não gastará muito com transporte. Pela região central, o deslocamento é feito a pé com facilidade – com 30 ou 40 minutos você consegue percorrer boa parte do centro. Para trajetos mais longos, a Dublin Bikes pode ser uma opção – o custo da assinatura do cartão é de 20 euros por ano.

Quem precisar de transporte público, terá bem mais despesas. O ônibus para uma semana, já com desconto para estudante, fica 20 euros. O trem de superfície – o Luas – pode até ficar mais barato dependendo da região de deslocamento, mas como as linhas não estão interligadas, poucas vezes é possível usar apenas ele como meio de transporte. O bilhete para uma única viagem, dentro da mesma zona, fica por 1,65 euros (no cartão Leap Card ou carteirinha de estudante).

 

Leia mais: Conheça os meios de transporte de Dublin

Lazer

Image title

O bilhete para o cinema em Dublin custa, em média, 9 euros. Quem fizer o cartão do cinema, no entanto, pode assistir quantos filmes quiser por uma mensalidade de 20 euros. Para quem prefere os pubs da Irlanda, é importante saber que o preço médio de uma pint de cerveja é 4 euros – é possível encontrar por 2,50 euros, mas o mais comum é pagar mais de 5 euros.

Se a ideia for economizar e explorar as riquezas culturais do país, Dublin tem diversos museus e galerias de arte com entrada gratuita e muitas atrações com desconto para estudantes.

Quem quiser programar melhor as despesas para um intercâmbio, pode usar esta calculadora e não ser surpreendido no final do mês.

Continue Reading
You may also like...
To Top