Como conseguir bolsas de estudos no exterior? - DPB Intercâmbio
Connect with us

Como conseguir bolsas de estudos no exterior?

bolsas-de-estudo

Bolsas de estudo

Como conseguir bolsas de estudos no exterior?

Você sonha em estudar no exterior, aprender novos idiomas e conhecer novas culturas? Já pensou em recorrer as bolsas de estudos no exterior?

Nos últimos anos aumentou muito o número de brasileiros que vão para o exterior com o intuito de estudar. Uma oportunidade e tanto, porém com um custo elevado, tornando-se inacessível a muitas pessoas. Entretanto, existe a possibilidade de o estudante conseguir uma das cobiçadas bolsas de estudos, que geralmente cobrem parte, ou até mesmo todos os custos, garantindo maior tranquilidade a viagem.

Quer saber como fazer isso? Então, continue a leitura e veja as dicas que preparamos para você!

Faça um bom planejamento

O primeiro desafio de quem quer ir estudar em outro país é a organização. Acompanhe os editais das instituições de seu interesse para não perdê-los. Você também se deparará com muitos documentos e regulamentos exigidos em várias etapas do processo, portanto, é essencial um bom planejamento.

Observe se você se encaixa nos requisitos para a bolsa desejada. Analise a equivalência de seu desempenho escolar e suas notas, conforme o país que pretende ir, pois estas são algumas das principais exigências. Saiba que há documentos a serem preenchidos que requerem um formato e uma linguagem profissional, por essa razão, se programe para procurar modelos disponíveis na internet ou em uma instituição que o oriente.

Mantenha os documentos em ordem

Verifique a documentação exigida pela instituição a qual pretende se candidatar. Providencie tudo que for exigido, por exemplo, comprovante de escolaridade, comprovante de proficiência no idioma, carta de intenção no idioma local. A emissão de alguns documentos pode ser mais demorada, por isso, é importante ficar atento.

Logo no início, dois dos documentos a serem preenchidos são o personal statement, que é um texto que você deve escrever falando de si mesmo e o reference letter, uma carta de recomendação escrita por alguém que te conhece. Estes textos devem ser no idioma do país de destino, portanto, revise-os quanto à gramática, ortografia e conteúdo.

Você também terá que providenciar a tradução dos seus documentos escolares oficiais, que deverá ser feita por um tradutor público matriculado na junta comercial estadual, com assinatura registrada em cartório. Se prepare, o prazo costuma ser rápido, porém o valor deste serviço é bem alto.

Estude o idioma exigido para as bolsas de estudos

Uma das exigências costuma ser a fluência em algum idioma. Há locais nos quais você deve dominar o idioma do país, em outras instituições o exigido é a fluência em inglês, espanhol ou francês, principalmente, quando se trata de pós-graduação.

Você deverá realizar um teste de proficiência em língua estrangeira como IELTS ou TOEFL, para comprovação do domínio do idioma, conforme a exigência da instituição. Esse exame deverá ser agendado com bastante antecedência, pois o prazo de espera para a realização costuma ser longo.

Pesquise sobre o país de destino

Se prepare para viver no novo país. Pesquise sobre a cultura, os costumes e a vida no local. O comportamento das pessoas de lá pode ser muito diferente do nosso país, por essa razão, estude muito para não ser surpreendido.

Pesquise também sobre o clima e condições gerais do país e esteja pronto para se adaptar. É necessário estar ciente de tudo que encontrará e de como viverá, tanto na instituição, quanto na cidade onde irá morar.

Mostre do que você é capaz

Para conseguir as bolsas de estudos, você deverá falar sobre seus pontos positivos. Não deixe de contar suas qualificações e realizações. É hora de mostrar toda sua capacidade, sem se sentir inibido, afinal de contas, essa é a sua oportunidade.

Apesar de ter que mostrar as suas qualidades, é essencial ser sincero e não usar de exageros, isso pode te comprometer e arruinar a sua candidatura. Ao escrever seu personal statement, conte porque deseja entrar para a instituição, fale sobre suas conquistas acadêmicas e profissionais, suas superações, seus sonhos e deixe bem claro o motivo pelo qual precisa da bolsa e como posteriormente poderá contribuir para com a escola e o país.

Prepare uma boa carta de recomendação

Além do personal statement, temos que apresentar o reference letter, onde precisamos de cartas de referência de pessoas que nos conheçam bem e podem acrescentar informações úteis sobre a nossa pessoa.

O ideal é pedir essa recomendação a alguém com o qual você tenha um bom relacionamento acadêmico ou profissional, uma pessoa que tenha acompanhado alguma grande conquista sua. Pode ser recomendação de professores ou de chefes, por exemplo. Entretanto, devem ser pessoas que realmente te conhecem e podem colaborar contando sobre o porquê você merece a vaga.

Saiba onde encontrar as bolsas de estudos no exterior

Existem várias oportunidades para quem quer estudar fora, sendo necessário pesquisar sobre quais países e instituições são as mais adequadas a você. Nesta lista você pode encontrar algumas instituições que divulgam e explicam sobre as oportunidades.

Embarcar para um novo país é, sem dúvidas, uma oportunidade que muitos almejam. No entanto, é necessário analisar todos os requisitos, seguir todo o processo e esperar. Mesmo que a ansiedade queira dominar, após realizar todos os procedimentos você deve aguardar e acompanhar todas as listas de aprovados. Se seu nome não estiver nela, não desista e nem desanime, se prepare ainda mais para as próximas chances.

Designer e especialista em artes visuais, aqui no DPB partilha seus mais interessantes e criativos achados da web. Divide seu tempo entre explorar Dublin, viajar o mundo e alguns outros projetos, como seu Instagram.

Click to comment
To Top