Um passeio pelos cenários das músicas dos Beatles em Liverpool
Connect with us

Um passeio pelos cenários das músicas dos Beatles em Liverpool

paralaxe_liverpool_beatles_carol

Passeios

Um passeio pelos cenários das músicas dos Beatles em Liverpool

Uma das magias presentes no ato de viajar é poder conhecer de perto cenários que a gente sempre ouviu falar nos filmes, livros e músicas. Essa magia tem infinitos lugares no mundo para acontecer, e um dessas experiências é conhecer as inspirações dos Beatles em Liverpool.

Não precisa ser fã número um dos Beatles para logo lembrar dos quatro rapazes ao ouvir o nome da cidade, que fica no Noroeste da Inglaterra. Também não é necessário ser beatlemaníaco para se encantar com a visita a lugares que foram eternizados nas músicas de uma das bandas mais famosas do mundo.

Recentemente, o DBP publicou uma matéria com um pouco da história do The Cavern Club, onde os quatro garotos de Liverpool começaram sua história. Mas a vida e a obra dos Beatles não está restrita ao pub e ao museu em homenagem a eles que existe na cidade. Parte da magia de Liverpool está no cotidiano, em lugares simples que acabaram eternizados pelas músicas dos quatro garotos que levaram o nome da cidade para o mundo inteiro.

Em poucas horas, é possível fazer uma caminhada que inclui dois lugares memoráveis: a rua Penny Lane, descrita na canção de mesmo nome; e o antigo orfanato Strawberry Field, citado em “Strawberry Fields Forever”. No final, ainda sobra tempo para uma passadinha na antiga casa de John Lennon, já que os três pontos ficam bem próximos.

 

Penny Lane

beatles-em-liverpool

Se você tiver sorte, o mau tempo britânico vai dar trégua e você encontrará Penny Lane sob céu azul, assim como na música. Há poucos carros na rua, crianças brincando na calçada e senhoras passeando com seus cachorros. A barbearia mencionada na canção ainda existe. O barbeiro, um homem de cerca de 40 anos, obviamente não é mais o mesmo e também não mostrava fotos das cabeças que conheceu, mas sorriu simpático enquanto aparava os cabelos de mais um cliente, como quem está bastante acostumado a receber visitas diárias. Ele estava ocupado e nossa conversa foi breve. “Bem…somos famosos”, ele disse, sorrindo, ao contar sobre as visitas que recebe dos fãs dos Beatles e de curiosos em geral. Num grande restaurante que fica em meio a um jardim, o som ambiente era “With a little help from my friends”, música do oitavo álbum dos garotos de cresceram por ali, e essa era, além da barbearia que tem letreiro mencionando os Beatles e fotos dos garotos, a única referência clara à banda. No mais, tudo em Penny Lane é cotidiano, como em qualquer cidade do interior.

Penny Lane fica no subúrbio de Liverpool. Para ir do centro até lá, é preciso pegar ônibus (as linhas são 75, 80, 80A, 86, 86A), ou táxi. Ao chegar lá, todo o resto do caminho pode ser feito a pé. O percurso total leva cerca de 4 horas. É um passeio simples, mas cheio de significado para quem se deixa tomar pela emoção de caminhar por uma rua que foi eternizada em uma canção dos anos 60.

 

Strawberry Field

beatles-em-liverpool

Saindo de Penny Lane, seguimos pela Allerton road até chegar à Menlove avenue, uma avenida larga, de duas vias, cheia de árvores e com canteiro central. Por ali fica o Calderstones Park, que pode ser uma boa parada para quem opta por fazer o caminho a pé. São cerca de 40 minutos de caminhada até o antigo orfanato Strawberry Field, que fica na Beaconsfield road, rua perpendicular à Menlove avenue. Quem não está disposto a enfrentar a caminhada pode pegar o ônibus 75 ou o 76 na região da Penny Lane. Nem tudo é para sempre em Strawberry Field. O lugar está abandonado e coberto de plantas. A estrutura de concreto ao lado do portão vermelho ainda guarda o nome da instituição, que agora recebe ao redor assinaturas de fãs do mundo todo. O que hoje está tomado pelo matagal foi antigamente um jardim onde John costumava passar horas acompanhado dos amigos de infância. O portão está trancado e impede a entrada dos visitantes. Apesar da visão limitada a que temos acesso pelo lado de fora, a cena é comovente e, de certa forma, nostálgica.

 

Bônus: a casa de John Lennon

beatles-em-liverpool

Voltando para a Menlove avenue, a pouco mais de um quarteirão adiante da Beaconsfield road, fica a casa onde John Lennon viveu durante a infância e a adolescência. É uma casa simples, com gramado na frente, portão de madeira e uma plaquinha com a inscrição: “John Lennon – 1940-1980. Musician and Song Writer. Lived here 1945-1963”. Assim como os outros pontos deste roteiro, não apresenta nada incomum, mas tem valor sentimental.

Carolina tem diploma de jornalista e sonho de ser escritora. Gosta de conhecer lugares e pessoas. Um dia pensou em se encontrar, mas já desistiu dessa loucura. www.carolbtr.com

To Top